Conto sobre Nova Holanda [...] e Possibilidades Especiais para Povoar

Descrição

Este panfleto, publicado anonimamente em Amsterdam, em outubro de 1662, refere-se ao estabelecimento de uma colônia no Rio do Sul (como os holandêses chamavam o Rio Delaware), em Nova Holanda, pelo holandês menonita e reformador social Pieter Cornelis Plockhoy. O panfleto consistia-se de propostas enviadas aos magistrados da cidade de Amsterdam a fim de garantir seu apoio para a colônia, a qual Plockhoy pretendia que fosse para famílias pobres e necessitadas, e baseada em princípios reformistas. O panfleto pretendia, parcialmente, assegurar os investidores de que a colônia seria, também, um empreendimento lucrativo. Vários estudiosos argumentam que o panfleto foi escrito por Franciscus van den Enden (1602-74), um estudioso, professor de latim e negociante de arte, que é mais conhecido como o professor do filósofo Baruch Spinoza (1632-77). Nascido em Antuérpia, van den Enden mudou-se para Amsterdam durante a década de 1640, onde travou conhecimento com Plockhoy, com o qual ele compartilhava um interesse em reforma social e o estabelecimento de uma sociedade ideal.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Jaer, Madrid, Espanha

Título no Idioma Original

Kort verhael Van Nieuw-Nederlants gelegentheit [...] en byzondere bequaemheidt ter bevolkingh

Tipo de Item

Descrição Física

Papel impresso, 20 x 16 centímetros

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015