A Vida de Meriasek

Descrição

Até recentemente, quando Beunans Ke ficou conhecida,Beunans Meriasek era a única peça santa em idioma córnico médio. São Meriasek era de origem bretã. A peça apresenta sua carreira, começando com sua educação inicial na Bretanha e sua chegada na Cornualha, relatando os vários milagres por ele realizados, e prossegue com sua volta à Bretanha, onde ele se tornou bispo de Vannes e, eventualmente, sofrendo uma morte cristã. Incorporados às narrativas estão uma série de contos individuais, inclusive incidentes da vida de São Silvestre e um milagre provocado pela intervenção da Virgem Maria.Beunans Meriasek recebeu o título de Peniarth MS 105B, pela Biblioteca Nacional do País de Gales. A coleção Manuscrito de Peniarth foi criada por Robert Vaughan (por volta de 1592-1667), que adquiriu muitos manuscritos importantes em língua galesa para a sua biblioteca, em Hengwrt, Meirioneth. O manuscrito foi encontrado na década de 1860 por W.W.E. Wynne de Peniarth, Meirionnydd, entre os itens da biblioteca Hengwrt que lhe haviam sido doados, em 1859, por um descendente de Robert Vaughan. Após ter consultado o reverendo Robert Williams, Rhydycroesau, editor da primeiro dicionário cornuário de grande importância, Wynne convidou o acadêmico celta Whitley Stokes para editar o texto, que apareceu em 1872.

Última Atualização: 3 de julho de 2014