Marcadores da Trilha Tamiami Segurando Sinal

Descrição

Muitos habitantes da Flórida costumavam ver os Everglades como uma área desolada. Sob a primeira administração do governador William D. Bloxham (governador, 1881-1885 e 1897-1901), o estado vendeu 4 milhões de acres (1,6 milhões de hectares) de terra das Everglades para Hamilton Disston, empreendedor imobiliário da Pennsylvannia, por 1 milhão de dólares, dando início a um longo esforço de drenagem que durou décadas e que resultou no desenvolvimento e na urbanização do sul da Flórida. Por volta de 1950, mais da metade das Everglades havia sido drenada. Barron Gift Collier, o maior proprietário de terras da Flórida, exerceu um papel importante no programa de drenagem através dos seus projetos de desenvolvimento no sudoeste da Flórida. Para incentivar os investidores e os colonos, Collier promoveu a construção de estradas e outros meios de transporte para as e através das Everglades. Seu apoio foi fundamental para a construção da Trilha Tamiami, uma estrutura de barro elevada, de 30 pés (9,1 metros) de altura, que dividiu as Everglades e alterou o seu fluxo natural. A trilha, que foi concluída em 1928, foi projetada para ligar Miami e a costa leste a Fort Myers, na costa oeste. Em 1923, os Marcadores de Trilhas foram os primeiros a atravessar a inacabada Tamiami, como forma de promover a trilha. O grupo incluía um caminhão militar de suprimentos, sete automóveis Ford Modelo T e um novo automóvel Elcar, mas apenas os sete Ford conseguiram terminar a viagem. O Ford Modelo T Cupê nesta fotografia dos Irmãos Burgert, no qual Russell Kay e Frank Whitman realizaram a viagem, era de propriedade da revista Florida Grower.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Tamiami Trail Blazers Holding Sign

Tipo de Item

Descrição Física

1 fotografia impressa: preto e branco; 8 x 10 polegadas (20 x 25 centímetros)

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 22 de outubro de 2014