Mary McLeod Bethune com uma Fila de Meninas da Escola

Descrição

Mary McLeod Bethune foi uma educadora americana pioneira e líder dos direitos civis. Chamada Mary Jane McLeod, por nascimento, em 10 de julho de 1875, em Mayesville, South Carolina, filha de ex-escravos, Bethune ganhou bolsas de estudo para frequentar o Seminário Scotia em Concord, Carolina do Norte (atualmente Barber-Scotia College), e o Instituto para Missões Domésticas e Estrangeiras, em Chicago (hoje, Instituto Bíblico Moody). Em 1904, mudou-se para Daytona Beach, Florida, para fundar sua própria escola. Seu prédio escolar, de uma sala, transformou-se na Escola Normal e Industrial para Meninas Negras de Daytona, antes de se incorporar ao Instituto Cookman para Meninos, em 1923. Mais tarde, a escola incorporada afiliou-se à Igreja Metodista Unida e se tornou a faculdade historicamente negra, cujo nome era em sua homenagem, Faculdade Bethune-Cookman (atualmente, Universidade Bethune-Cookman). Em 1936, o presidente Franklin D. Roosevelt nomeou Bethune como diretora daAdministração de Assuntos Negros da Divisão Nacional de Juventude, fazendo dela a primeira mulher negra a dirigir uma agência federal. Ela também fundou o Conselho Nacional de Mulheres Negras e era membro ativo da Associação Nacional de Mulheres Negras até sua morte, em maio de 1955.

Última Atualização: 27 de agosto de 2014