Relatório da Comissão Confiada, pelo Conselho, com o Estudo da Fronteira Entre a Síria e o Iraque

Descrição

Após a Primeira Guerra Mundial, as forças aliadas e associadas vitoriosas concordaram colocar vários territórios, que haviam sido retirados da Alemanha derrotada, sob o mandato da Liga das Nações. Palestina, Iraque, e Transjordânia foram concedidas para a Grã-Bretanha, a Síria e o Líbano, para a França. A Convenção Franco-britânica, de 23 de dezembro de 1920, estabeleceu a fronteira entre a Síria e o Iraque, em termos gerais, mas apelou por uma demarcação definitiva da fronteira a ser realizada por uma Comissão Anglo-francesa de Fronteiras. Sob estes acordos, aCcomissão Encarregada do estudo da Fronteira entre a Síria e o Iraque apresentou seu relatório ao Conselho da Liga das Nações, em 10 de setembro de 1932. Esses mapas, elaborados para a comissão como parte de seu relatório, mostram as diferentes interpretações dadas ao acordo de 1920, pelos governos francês e britânico, e a solução proposta pela comissão. O Iraque tornou-se independente em 1932, e a Síria em 1946. A linha demarcada nestes mapas constitui a fronteira definitiva entre os dois países.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Liga das Nações, Genebra

Idioma

Título no Idioma Original

Report of the Commission Entrusted by the Council with the Study of the Frontier between Syria and Iraq

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

43 páginas; 4 mapas dobrados (em bolso) 33 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de janeiro de 2014