Uma tradução árabe das tabelas astronômicas de Ulugh Beg

Descrição

Este manuscrito contém uma tradução de Yaḥyā ibn Alī al-Rifā‘ī dos séculos XV-XVI do persa para o árabe da introdução do celebrado zīj (tabelas astronômicas ou registros de ocorrências diárias) de Ulugh Beg (1394–1449). Na introdução do seu trabalho, al-Rifā‘ī declara que assumiu o projeto a pedido do astrônomo egípcio Shams al-Dīn Muḥammad ibn Abū al-Fatḥ al-Ṣūf ī al-Miṣrī (falecido por volta de 1494), que estava envolvido no estudo e na revisão do zij de Ulugh Beg para as coordenadas geográficas do Cairo. O presente manuscrito, cópia da tradução de al-Rifā‘ī, consiste de 29 páginas com 31 linhas por página. A página de título exibe os selos dos antigos donos, incluindo Uthmān al-Fanawī, um juiz do Egito, e Muḥammad ‘Alī Pāshā, o wālī (governante) do Egito durante o período de 1811 a 1848. O colofão indica que a transcrição foi concluída no final de Muḥarram, 1134 A.H. (meados de novembro de 1721) e dá o nome do escriba como Yūsuf ibn Yūsuf al-Maḥallī al-Shāfi‘ī, conhecido como al-Kalārjī. Anexo a este trabalho está outro manuscrito na mesma encadernação, mas com uma caligrafia diferente, que começa na página 43. O colofão ligeiramente distorcido para o segundo manuscrito indica que é também uma tradução árabe do persa de uma parte do zīj de Ulugh Beg, mas o tradutor, nesse caso, é Ḥasan ibn Muḥammad al-Faṣīḥī al-Niẓāmī, conhecido como Qāḍī Ḥasan (Juiz Ḥasan). A data da tradução parece ser o final de 1015 A.H. (1607) e esta cópia data de 1126 A.H. (1714). A declaração anterior sugere que a parte remanescente deste manuscrito baseava-se em uma tradução diferente daquela de Qāḍī Ḥasan.

Última Atualização: 15 de abril de 2016