Antiguidades de Samarcanda. Mausoléu de Guri Bibi Khanym. Plano, elevações e seções

Descrição

Este plano, seção e elevação do mausoléu de Bibi Khanym, em Samarcanda (Uzbequistão), faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido entre 1871-1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. O álbum dedica atenção especial à arquitetura islâmica de Samarcanda, como monumentos dos séculos XIV e XV do reinado de Timur (Tamerlão) e seus sucessores. O mausoléu foi construído simultaneamente com a mesquita principal (1399-1405) localizada nas proximidades e, como a mesquita, foi batizado em homenagem à esposa mais velha de Timur, Sarai Mulk Khanym (bibi que significa “senhora” ou “mãe”). De fato, a estrutura parece ter sido originalmente conectada à mesquita por uma grande passagem. Acredita-se que o mausoléu serviu não apenas como o santuário de sepultamento para Sarai Mulk Khanym, mas também para outras mulheres da família governante. A cúpula em ponta repousa sobre um plano cruciforme posicionado dentro de uma estrutura octogonal. As paredes de tijolos do mausoléu foram ricamente decoradas com padrões de azulejos de cerâmica. Assim como todos monumentos no conjunto de Bibi Khanym, o mausoléu sofreu vários danos nesta zona sísmica ativa. As paredes de alvenaria remanescentes são destacadas em vermelho, enquanto dois esboços mostram fragmentos da cúpula.

Data do Assunto

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Idioma

Título no Idioma Original

Самаркандския древности. Мавзолей Гури Биби-Ханым. План, фасады, и разрезы

Tipo de Item

Descrição Física

1 desenho: aquarela

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 2, placa 84.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016