Oblast de Sir Dária. Ruínas do rabat de Mulushki Murza próximo a Khodzhend

Descrição

Esta fotografia das ruínas de um rabat construído por Mulushki Murza próximo a Khujand (atual Tajiquistão), faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido entre 1871-1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. Localizada no rio Sir Dária, Khujand foi fundada como Cirópolis no final do século VI a.C. pelo rei persa Ciro, o Grande, fundador do Império Acmênida. O local aparentemente foi refortificado por Alexandre, o Grande, em 329 a.C.. Ponto forte da Rota da Seda, Khujand foi tomada pelos árabes no século VIII. No século X fazia parte do Império Samanida. Saqueada pelos mongóis em 1220, Khujand reviveu sob os timúridas no final do século XIV e século XV. No século XVI, foi governada pela dinastia shaybanida de Bucara, e permaneceu sob o controle de Bucara até ser absorvida pelo canato de Kokand em 1802. Em 1866 foi tomada pelas forças russas. O termo “rabat” tem diversas interpretações que indicam um posto avançado fortificado (um uso semelhante ao do termo ribat). Na Ásia Central, rabat também está ligado ao termo khanaka, um alojamento de peregrinos ou local de retiro espiritual. Do antigo rabat mostrado aqui resta somente a estrutura da cúpula central. Pouco se sabe sobre seu construtor, mas “murza” era um termo honorífico para nobres tártaros secundários.

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Título no Idioma Original

Сыр-дарьинская область. Развалины Мулушки Мурза Рабат близ г. Ходженда

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotográfica: albume

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 1, placa 13.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016