Oblast de Sir Dária. Ura-Tyube. Fachada da madrassa de Rustem-Bek

Descrição

Esta fotografia da fachada principal da madrassa de Rustem-Bek, em Ura-Tyube (atual Istarawshan, Tajiquistão), faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido entre 1871-1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. Ura-Tyube (em tajique, Ura-Teppa) é um dos assentamentos mais antigos da Ásia Central. Localizada próximo ao rio Sir Dária, cerca de 80 quilômetros ao sudoeste de Khujand, Ura-Tyube prosperou sob a dinastia samânida nos séculos X e XI. Assim como muitas vilas da região, foi saqueada pelos mongóis no início do século XIII. Reviveu sob os timúridas no final do século XIV e século XV, e foi dominada pelos shaibanidas de Bucara no século XVI. No final do século XVIII, obteve autonomia antes de se tornar parte do canato de Kokand. Ura-Tyube foi invadida pelos russos em outubro de 1866. Dentre suas instituições religiosas estava a madrassa, mostrada aqui. A estrutura de dois andares segue a arquitetura do século XVI, com celas em arco para moradia e estudo e um grande pátio interno. A entrada principal apresenta um arco iwan (saguão abobadado, com paredes em três lados, e uma extremidade aberta), e a fachada é ladeada por torres de canto. A fachada do iwan é coberta por abundante ornamentação rudimentar, que parece ser posterior à estrutura original—talvez do século XIX.

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Idioma

Título no Idioma Original

Сыр-дарьинская область. Г. Ура-Тюбэ. Фасад медресэ. Русте-Бека

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotográfica: albume

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 1, placa 15.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016