Antiguidades de Samarcanda. Ponte de Shadman Malik. Vista do norte.

Descrição

Esta fotografia da visão norte do aqueduto no rio Zeravshan, na periferia de Samarcanda (Uzbequistão), faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido entre 1871-1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. O álbum dedica atenção especial ao patrimônio arquitetônico de Samarcanda. A legenda do álbum se refere a essa estrutura como a Ponte de Shadman Malik, porém oficialmente chamado de Aqueduto do Rio Zeravshan. Construída em 1502, essa enorme estrutura serviu como elemento-chave para a rede de irrigação local. Além de o aqueduto transportar a água, ele também a distribuía em dois canais. Os dois arcos grandiosos são unidos por um ângulo oblíquo correspondendo a diferentes canais. Apesar de sua construção imponente, o aqueduto sofreu com abalos sísmicos e foi esquecido por séculos. Sua construção é ainda mais marcante em vista da instabilidade no começo do século XVI, quando a Samarcanda mudou de propriedade durante uma luta entre Babur, tataraneto de Timur (Tamerlão) e Shaybani Khan, fundador da dinastia uzbeque Shaybanid. Em 1500 e novamente em 1505, Shaybani Khan tomou Samarcanda de Babur, que posteriormente criou o Império Mongol.

Data do Assunto

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Título no Idioma Original

Самаркандския древности. Мост Шадман Малик. Вид с севера

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotográfica: albume

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 2, placa 152.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016