Antiguidades de Samarcanda. Madrassa de Ulugh Beg. Entrada para a mesquita congregacional

Descrição

Esta fotografia da mesquita da madrassa de Ulugh Beg, em Samarcanda (Uzbequistão), faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido entre 1871-1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. O álbum dedica atenção especial à arquitetura islâmica de Samarcanda, como monumentos dos séculos XIV e XV do reinado de Timur (Tamerlão) e seus sucessores. No centro de Samarcanda está o conjunto de Registan, composto por três grandes exemplos de madrassa (escola religiosa). A madrassa mais antiga da Praça Registan recebeu o nome do rei astrônomo e neto de Timur, Ulugh Beg (1393?-1449), que a construiu entre 1417 e 1420. Durante o reinado de Ulugh Beg, aproximadamente 100 alunos frequentavam a madrassa, que era considerada um importante centro educacional islâmico. Esta imagem mostra o arco iwan (saguão abobadado, com paredes em três lados e uma extremidade aberta) da mesquita, localizado na parede oeste do pátio da madrassa. Embora um grande dano estrutural (provavelmente decorrente de terremotos) tenha causado a perda da superfície de cerâmica na parte superior do iwan, as fachadas ainda mostram grandes áreas de decoração policromada, com uma mistura de motivos geométricos e botânicos. O arco é emoldurado por colunas de cerâmica, enquanto que as extremidades externas do iwan exibem faixas verticais ricamente ornamentadas. Em ambos os lados do iwan, há resquícios de uma arcada de dois andares que continha câmaras para os acadêmicos.

Data do Assunto

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Idioma

Título no Idioma Original

Самаркандския древности. Медрессэ Улуг-Бек. Вход в соборную мечеть

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotográfica: albume

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 2, placa 111.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016