Antiguidades de Samarcanda. Madrassa de Tillia Kari. Pátio interno (lado ocidental). Parte de uma fundação de mármore

Descrição

Esta fotografia do interior da mesquita na madrassa de Tillia Kari, em Samarcanda (Uzbequistão), faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido entre 1871 e 1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. O álbum dedica atenção especial à arquitetura islâmica de Samarcanda, como monumentos dos séculos XIV e XV do reinado de Timur (Tamerlão) e seus sucessores. No centro de Samarcanda está o conjunto de Registan, composto por três grandes exemplos de madrassa (escola religiosa). O terceiro componente de Registan, a madrassa de Tillia Kari, foi construída entre 1646 e 1660 no local de um antigo caravançará. Esta imagem, não muito clara devido à limitada iluminação interior, mostra o canto inferior ao lado dos degraus que levam ao minbar, ou púlpito (à direita, não visível na fotografia). A rica ornamentação mostrada aqui inclui trabalho em cerâmica e mármore esculpido. A coluna anexa repousa sobre uma base de mármore e exibe um padrão arrojado de linhas em interseção. Os painéis em cerâmica, pouco visíveis, mostram complexos padrões geométricos e botânicos. As linhas projetadas da cornija de mármore no topo da fotografia têm uma denteação em forma de "estalactite", assim como o fragmento do pedestal no canto inferior direito.

Data do Assunto

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Título no Idioma Original

Самаркандския древности. Медрессэ Тилля Кари. Внуренний двор (западная сторона). Часть мраморнаго цокуля

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotográfica: albume

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 2, placa 104.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016