Antiguidades de Samarcanda. Mausoléu de Tuman-Aka Nuri. Seção do detalhe do nicho da entrada lateral do mausoléu de Tuman-Aka

Descrição

Esta fotografia dos detalhes em cerâmica da pequena mesquita adjacente ao mausoléu de Tuman-Aka dentro da necrópole de Shah-i Zindah em Samarcanda faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido entre 1871 e 1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. O álbum dedica atenção especial à arquitetura islâmica de Samarcanda, como monumentos dos séculos XIV e XV do reinado de Tamerlão e seus sucessores. É importante destacar Shah-i Zindah (persa para "rei vivo"), reverenciado como um memorial para Kusam-ibn-Abbas, um primo do profeta Maomé. O mausoléu e a mesquita de Tuman-Aka (com khanaka ou alojamento de peregrinos anexado) foram construídos em 1405 como memorial para a esposa mais nova de Tamerlão e estão localizados à esquerda do chartak no conjunto norte de santuários. O conjunto é notável pela ornamentação vibrante em cerâmica, composta por padrões florais, geométricos e com inscrições, e as cores variam do azul escuro ao amarelo, violeta e turquesa. O painel exibido aqui, localizado no lado direito do nicho emoldurado pelo peshtak (arco da fachada) da mesquita, utiliza o trabalho de tiras em interseção para criar estrelas de dez pontas complexas, contendo motivos florais em arranjos geométricos.

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Título no Idioma Original

Самаркандския древности. Мавзолей Туман Аки-Нурия. Часть отделки щеки входной ниши в мавзолее Туман-Аки

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotográfica: albume

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 1, placa 42.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016