Antiguidades de Samarcanda. Mausoléu de Chupan-Ata e pontes de Shadman Malik e Char Minar. Planos, elevações e seções

Descrição

Estes planos, seções e elevações do mausoléu Chupan-Ata e de outras estruturas em Samarcanda (Uzbequistão) faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido em 1871-1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. O álbum dedica atenção especial ao patrimônio arquitetônico islâmico de Samarcanda. Na parte superior dos planos há uma elevação e uma seção do mausoléu (mazar) de Chupan-Ata de meados do século XV, com planos do nível térreo e da base da cúpula. O plano térreo mostra que o mausoléu apresenta um design centralizado e cruciforme. A seção, com paredes em alvenaria destacadas em vermelho, indica que a estrutura tem um teto em abóboda, enquanto a cúpula externa é elevada em um cilindro, ou tambor). Os desenhos inferiores mostram exemplos da arte de engenharia, incluindo uma ponte e um aqueduto. (na legenda, ambas as estruturas são referidas como "pontes".) O nome da ponte Char Minar ("quatro torres" ou "minaretes") refere-se às duas colunas em cada uma das extremidades. Na parte inferior direita estão os vãos em arcos pontudos do aqueduto no rio Zeravshan. Esses belos desenhos refletem a dedicação dos pesquisadores russos sobre o estudo metódico e cuidadoso, e arquivamento dos monumentos locais.

Data do Assunto

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Idioma

Título no Idioma Original

Самаркандския древности. Мавзолей Чапан Ата и мости (Пули) Шадман Малик и чаар мунор. Планы фасады и разрезы

Tipo de Item

Descrição Física

1 desenho: colorido à mão

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 2, placa 150.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016