Antiguidades de Samarcanda. Túmulo do Santo Kusam-ibn-Abbas (Shakhi Zinda) e mausoléus adjacentes. Mausoléu do Emir Assad. Capitel da coluna

Descrição

Esta fotografia de uma coluna de um mausoléu desconhecido na necrópole de Shah-i Zindah em Samarcanda faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido entre 1871 e 1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. O álbum dedicou atenção especial à arquitetura islâmica de Samarcanda, como monumentos dos séculos XIV e XV do reinado de Tamerlão e seus sucessores. É importante destacar Shah-i Zindah (persa para "rei vivo"), reverenciado como um memorial para Kusam-ibn-Abbas, um primo do profeta Maomé. Dentre os santuários na necrópole, está um mausoléu não identificado cuja estrutura básica desmoronou, bem como grande parte de sua fachada principal. No entanto, o trabalho em cerâmica remanescente na fachada revela um complexo programa decorativo semelhante ao do mausoléu vizinho de Usto Ali (1380, aproximadamente). O fragmento de uma coluna de terracota entalhada e esmaltada mostrada aqui está localizado no nicho do arco principal. O eixo da coluna exibe o motivo de lótus e culmina em um capitel octagonal marcado com figuras que refletem o motivo geométrico em interseção na faixa cerâmica adjacente.

Data do Assunto

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Título no Idioma Original

Самаркандския древности. Гробница святого Куссама ибни Абасса (Шах-Зиндэ) и мавзолеи при ней. Мавзолей Эмира Ассада. Капитель колонны

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotográfica: albume

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, seção arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 1, placa 39.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016