Antiguidades de Samarcanda. Túmulo do Santo Kusam-ibn-Abbas (Shakhi Zinda) e mausoléus adjacentes. Sepultura onde está o sepulcro do santo. Sepultura do Santo Kusam-ibn-Abbas (Shakhi Zinda), falecido em 57 A.H.

Descrição

Este esboço do interior do Mausoléu de Kusam-ibn-Abbas, na ala norte dos santuários da necrópole Shankhi Zinda em Samarcanda, faz parte da seção arqueológica do Álbum do Turquestão. Este levantamento fotográfico em seis volumes foi produzido em 1871-1872 sob o patrocínio do General Konstantin P. von Kaufman, primeiro governador-geral (1867-1882) do Turquestão, nome dado aos territórios da Ásia Central do Império Russo. O álbum dedica atenção especial à arquitetura islâmica de Samarcanda, como monumentos dos séculos XIV e XV do reinado de Timur (Tamerlão) e seus sucessores. O conjunto Shakhi-Zinda (persa para "rei vivo") é reverenciado como um memorial à Kusam-ibn-Abbas, um primo do profeta Maomé. Os fiéis acreditam que ele está enterrado neste local, depois de ter sido assassinado em um ataque árabe em 673. Acredita-se que uma parte do mausoléu, conhecida como o gurkhana, ou sepulcro, contém o seu túmulo. O esboço indica os contornos das paredes, enquanto o primeiro plano mostra o sarcófago escalonado (início do século XIV), ricamente decorado com azulejos de majólica. Além da ornamentação floral, a superfície exibe a inscrição: "Nunca pense que aqueles que morreram no caminho para Alá estão mortos. Não, eles estão vivos!" Também está anotado o ano 57 A.H. (do calendário islâmico), ou 676-77 d.C. O esboço é assinado pelo artista L.A. Shostak.

Data do Assunto

Informação da Publicação

São Petersburgo, Rússia

Idioma

Título no Idioma Original

Самаркандския древности. Гробница святаго Куссама ибни Абасса (Шах-Зиндэ) и мавзолеи при ней. Могила, в которой стоит гробница святаго. Могила святого Куссама ибни Абасса (Шах-Зиндэ) умершаго в 57 г. Гиджиры

Tipo de Item

Descrição Física

1 desenho: aquarela

Observações

  • Ilustração em: Álbum do Turquestão, parte arqueológica, 1871-1872, parte 1, volume 1, placa 63.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016