Igreja da Dormição (1774), fachada sul, Kondopoga, Rússia

Descrição

Esta vista sul da Igreja da Dormição em Kondopoga (Carélia) foi tirada em 2000 pelo Dr. William Brumfileld, fotógrafo americano e historiador da arquitetura russa, como parte do projeto "Encontro de Fronteiras" da Biblioteca do Congresso. Localizada em uma enseada do Lago Onega, Kondopoga existiu como uma colônia no final do século XV. Em meados do século XVIII sua importância cresceu com a descoberta de fontes ricas em mármore em duas aldeias próximas, utilizado para a construção de alguns dos mais notáveis edifícios de São Petersburgo. Depósitos de minério de ferro também contribuíram para a prosperidade da região. A Igreja da Dormição, construída em 1774, reflete uma cultura local próspera no final do século XVIII. Com o seu formato vertical elevado, erguido como um farol à beira d'água, a igreja é um dos monumentos mais impressionantes da arquitetura em madeira do norte da Rússia. A parte central da igreja consiste em uma estrutura quadrada de dois andares de troncos de pinho, escorada em seu lado oriental por uma grande abside (à direita) que culmina em um frontão em forma de barril alargado e uma cúpula coberta com telhas aspen. O componente central suporta uma torre octogonal coroada com uma telhado tipo "tenda" de 15 metros de altura, com uma grande cúpula e cruzes. (Toda a estrutura tem quase 50 metros). Em seu lado oeste, a igreja se estende em um grande vestíbulo (trapeznaia), com um altar secundário.

Última Atualização: 11 de janeiro de 2016