Catedral de Santa Sofia (1568-1570), interior, vista do leste, Vologda, Rússia

Descrição

Esta vista do interior da Catedral de Santa Sofia, em Vologda, foi tirada em 1996 pelo Dr. William Brumfileld, fotógrafo americano e historiador da arquitetura russa, como parte do projeto "Encontro de Fronteiras" da Biblioteca do Congresso. Antes da fundação de São Petersburgo, em 1703, a Rússia dependia de uma rota norte, através do Mar Branco, para o comércio com a Europa Ocidental. Um dos mais importantes centros desta rota era Vologda, fundada no século XII. A importância de Vologda aumentou durante o reinado de Ivan IV (o Terrível), que pretendia transformá-la em uma grande fortaleza na década de 1560. O ponto central do seu esforço foi a Catedral de Sofia, construída entre 1568-1570, mas consagrada somente em 1588, após a morte de Ivan. Em 1686, o Arcebispo Gavril de Vologda contratou cerca de 30 artistas mestres de Iaroslavl, incluindo Dimitri Grigorev Plekhanov, a fim de criar afrescos para o interior. O projeto foi concluído em 1688. Os afrescos incluem cenas importantes da vida de Cristo e Maria, as parábolas de Cristo, e, na parede oeste, um vívido Julgamento Final. Esta vista mostra duas das pilastras norte, olhando para o leste em direção ao iconóstase sob a cúpula principal, cujo cilindro é pintado com imagens de arcanjos. O grande iconóstase de cinco camadas, criado principalmene no século XVIII, culmina com um crucifixo pintado.

Última Atualização: 28 de julho de 2017