Mosteiro de São Cirilo (Kiril)-Belozersk, parede oeste (1654-década de 1680), visto do interior, Kirillov, Rússia

Descrição

Esta vista do interior (leste) da parede oeste do Mosteiro de São Cirilo-Belozersk (oblast de Vologda) foi tirada em 1991 pelo Dr. William Brumfileld, fotógrafo americano e historiador da arquitetura russa, como parte do projeto "Encontro de Fronteiras" da Biblioteca do Congresso. Oficialmente dedicado à Dormição da Virgem, o mosteiro foi fundado em 1397 por Cirilo (1337-1427), um monge moscovita canonizado em 1547. O mosteiro teve duplo significado, como um importante centro religioso e como uma fortaleza na expansão do flanco norte de Moscóvia. Suas paredes maciças, com cerca de dois quilômetros de comprimento, foram erguidas ao longo de um período de 30 anos, de 1654 a década de 1680. Este enorme empreendimento foi apoiado pelo csar Aleixo Romanov, que enxergou o mosteiro como um ponto estratégico na defesa do noroeste da Rússia contra os suecos. A construção maciça possui um primeiro nível de arcadas apoiando a posições de tiro do nível superior. Um ângulo no centro da parede oeste é protegido pela Torre Kosaia (1662). O canto extremo oeste (ao fundo à esquerda) é ancorado pela Torre Belozersk (década de 1660) Apesar do esforço em construí-las, as paredes eram obsoletas para os padrões europeus e nunca presenciaram uma batalha. As vitórias de Pedro I (o Grande) sobre a Suécia na Grande Guerra do Norte (1700-1721) tornaram a fortaleza irrelevante para fins militares.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

St. Cyril (Kirill)-Belozersk Monastery, West Wall (1654-1680s), Interior View, Kirillov, Russia

Tipo de Item

Descrição Física

1 slide : cor ; 35 milímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de janeiro de 2016