Mosteiro de São Cirilo (Kiril)-Belozersk, Catedral da Dormição (1497), com a Igreja de São Cirilo (décadas de 1780) (à esquerda), Igreja de São Vladimir (1554) (à direita) e a Igreja de Santo Epifânio (1645), vistos do leste, Kirillov, Rússia

Descrição

Esta vista leste da Catedral da Dormição (sobor) e das estruturas associadas ao Mosteiro de São Cirilo-Belozersk (oblast de Vologda) foi tirada em 1999 pelo Dr. William Brumfileld, fotógrafo americano e historiador da arquitetura russa, como parte do projeto "Encontro de Fronteiras" da Biblioteca do Congresso. Oficialmente dedicado à Dormição da Virgem, o mosteiro foi fundado em 1397 por Cirilo (1337-1427), um monge de origem nobre que tinha servido no Mosteiro de Simonov, em Moscou. A importância do mosteiro como centro religioso e como fortaleza no flanco norte de Moscóvia foi reconhecida pela canonização de Cirilo em 1547 e pela dedicação do conjunto monástico a ele. Durante o primeiro século de sua existência, o Mosteiro da Dormição foi construído de troncos de madeira. No verão de 1496 um mestre de obras de Rostov conhecido como Prokhor reconstruiu a Catedral da Dormição com tijolos. A igreja sofreu várias modificações nos séculos XVI-XVIII, incluindo a construção de três igrejas anexas: no norte (à direita), a pequenina Igreja de São Vladimir (1554), ao norte dela, a Igreja de Santo Epifânio de Chipre, construída em 1645 como uma capela de sepultamento da família principesca Teliatevski (no centro) e no canto sudeste (à esquerda), uma igreja dedicada a São Cirilo, construída em 1585 sobre o seu túmulo e reconstruída em 1781-1784.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

St. Cyril (Kirill)-Belozersk Monastery, Dormition Cathedral (1497), with Church of St. Cyril (1780s) (Left), Church of St. Vladimir (1554) (Right), and Church of St. Epiphanius (1645), East View, Kirillov, Russia

Tipo de Item

Descrição Física

1 slide : cor ; 35 milímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de janeiro de 2016