Casa de G.V. Usov (final do século XVIII), Veliki Ustiug, Rússia

Descrição

Esta vista da mansão de Usov em Veliki Ustiug (oblast de Vologda) foi tirada em 1996 pelo Dr. William Brumfileld, fotógrafo americano e historiador da arquitetura russa, como parte do projeto "Encontro de Fronteiras" da Biblioteca do Congresso. Localizada onde os rios Sukhona e Yug se juntam para formar o rio Dvina do Norte, Veliki Ustiug alcançou o apogeu de sua prosperidade no século XVIII. Em algum momento entre 1785 e 1800, Vasili Usov, um dos comerciantes mais ricos da Rússia, construiu esta mansão neoclássica elegante de tijolos de estuque com vista para o rio Sukhona. Os painéis de nicho com rosetas separam o piso térreo (de escritórios) do nível principal, onde vivia a família, o qual tinha acessado pelo pátio. O centro da fachada que fica de frente para o rio é marcado por uma varanda com suportes de ferro forjado. Esta parte central é enquadrada por pilastras com capitéis coríntios, um toque de sofisticação para uma cidade provincial. A mansão culmina em um frontão com uma janela em estilo italianizante. A parede baixa do pátio se estende em ambos os lados da estrutura. Após a morte do filho de Vasili Usov e do herdeiro de Grigori, a mansão foi vendida em 1866 à administração da cidade. Durante a era soviética ela continuou a servir a uma variedade de funções administrativas até a sua conversão no principal museu da cidade.

Última Atualização: 11 de janeiro de 2016