Mapa geral da província de Estland: mostrando as rotas postais e as principais estradas, estações e a distância em verstas entre esses pontos

Descrição

Este mapa de 1820 da província de Estland faz parte de uma obra maior, Geograficheskii atlas Rossiiskoi imperii, tsarstva Pol'skogo i velikogo kniazhestva Finliandskogo (Atlas geográfico do Império Russo, do Reino da Polônia e do Grão-Ducado da Finlândia), contendo 60 mapas do Império Russo. Compilado e gravado pelo coronel V. P. Piadyshev, ele reflete o mapeamento detalhado feito por cartógrafos militares russos nas primeiras décadas do século XIX. O mapa mostra centros populacionais (cinco gradações por tamanho), pousadas, correios, estradas (quatro tipos), fronteiras provinciais e distritais, e alfândegas. As distâncias são dadas em verstas, uma medida russa não mais utilizada hoje em dia e equivalente a 1,07 quilômetros. As legendas e os topônimos estão em russo e alemão. O território representado no mapa corresponde à região norte da atual Estônia. Esta região foi colonizada por migrantes estonianos falantes de uma língua fino-úgrica e cujos antepassados (descendentes de finlandeses e húngaros), deixaram o noroeste da Sibéria e partiram em direção ao ocidente, numa longa migração pelo norte da Rússia, até chegarem na região do Báltico. O rei da Dinamarca, Valdemar II, conquistou esta região no século XIII. O atual nome da capital da Estônia, Talim, que significa “cidade dinamarquesa”, tem sua origem neste período. Isso marcou o início da expansão escandinava em direção ao Báltico Oriental, fato conhecido como o período das Cruzadas do Norte. À medida que se espalhavam por todo o território báltico oriental, os Cavaleiros Teutônicos, que mantinham sua base na Prússia Oriental, assumiram o controle da região no século XIV. Em seguida, a Suécia conquistou a região durante o século XVI, estabelecendo a Estônia sueca. Apesar da inferioridade numérica, em 1700 o exército do rei da Suécia, Carlos XII, esmagou o exército russo na Batalha de Narva, na fronteira oriental da Estônia. Esta impressionante derrota no início do que ficou conhecido como a Grande Guerra do Norte, resultou em profundas reformas no Estado russo, que acabaram contribuindo para a vitória final russa contra a Suécia, conquistada em 1721 por Pedro, o Grande. Mais tarde, a Estônia sueca se tornou a província de Estland dentro do Império Russo.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Depósito topográfico militar, São Petersburgo

Título no Idioma Original

Генеральная Карта Эстляндской Губернiи Съ показанiемъ почтовыхъ и большихъ проѣзжихъ дорогъ, станцiй и разстоянiя между оными верстъ

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa: 40 x 38 cm

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de outubro de 2015