Carta, 19 de agosto de 1786, New Cumnock para Monsr. Thomas Campbell, Pencloe

Descrição

Robert Burns (1759-1796) é mais conhecido por seus poemas e canções que refletem a herança cultural da Escócia. Ele nasceu em Alloway, Ayrshire, na Escócia, o primogênito dos sete filhos de um fazendeiro arrendatário, William Burnes, e sua esposa, Agnes Broun. Burns tinha pouca educação formal, mas lia literatura inglesa e absorvia as tradicionais canções folclóricas e contos do seu ambiente rural, em sua maioria no dialeto escocês. Ele começou a compor canções em 1774 e publicou seu primeiro livro, Poemas, Principalmente no Dialeto Escocês , em 1786. O trabalho foi um sucesso de crítica e seus poemas, tanto em escocês como em inglês, sobre vários temas, sedimentaram o enorme encanto de Burns. Ao mesmo tempo em que construía sua reputação literária, Burns trabalhava como fazendeiro e, em 1788, ele foi nomeado fiscal de imposto de consumo, em Ellisland. Ele passou os últimos 12 anos de sua vida coletando e editando canções folclóricas escocesas, que incluíam, entre outras, O Museu Musical Escocês e Uma Coleção Selecionada de Canções para Voz em Escocês de Airs Original. Burns contribuiu com centenas de canções escocesas para estas antologias, muitas vezes reescrevendo as letras tradicionais e adaptando-as em músicas novas ou revistas. Esta é um carta de adeus, escrita por Burns, e endereçada a Thomas Campbell, dono da pequena propriedade chamada Pencloe, em Glen Afton, cerca de duas milhas de New Cumnock Kirk. A frase "este lado do Atlântico" sugere que a carta foi escrita durante o período em que Burns estava contemplando a emigração para a Jamaica.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Letter, 1786 Aug. 19, New Cumnock to Monsr. Thomas Campbell, Pencloe

Tipo de Item

Descrição Física

16,7 x 18,7 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015