Cena urbana em Guayaquil no Equador

Descrição

Esta fotografia de uma cena urbana em Guayaquil, Equador, é parte da Coleção de Frank e Frances Carpenter na Biblioteca do Congresso. Frank G. Carpenter (1855-1924) foi um escritor americano de livros sobre viagens e geografia mundial cujas obras ajudaram a popularizar a antropologia cultural e a geografia dos Estados Unidos nos primeiros anos do século XX. Composta de fotografias tiradas e reunidas por Carpenter e sua filha Frances (1890-1972) para ilustrar seus escritos, a coleção inclui um número estimado em 16.800 fotografias e 7.000 negativos em vidro e filme. Em Terras dos Andes e do deserto (1924), parte de sua série Viagens pelo Mundo de Carpenter, o autor escreveu: “A cidade de Guayaquil! Como descrevê-la? É um dos lugares mais estranhos do mundo. É o principal porto da República do Equador, situa-se a 113 km acima do largo rio Guayas e está quase na linha do Equador. Está dominada pelos picos nevados Chimborazo e Cotopaxi, este último o vulcão ativo mais alto do mundo, e é banhada pelo ar úmido e miasmático dos trópicos. Vista desde o rio, ela nos lembra Veneza ao longo do Canal; e observando os cais as cenas fazem pensar em Nápoles, enquanto suas áreas de negócios com um labirinto de bazares parecem como os do Cairo, Calcutá ou Bombaim, assim como as ruas largas cercadas de vitrines das lojas modernas.”

Última Atualização: 29 de maio de 2013