Residência do Governador Geral (1814-21). Construída pelo Comerciante M. V. Sibiriakov, o Prédio Agora Serve como Parte da Universidade Estadual de Irkutsk, Irkustsk, Rússia.

Descrição

Esta fotografia da antiga Mansão Sibiriakov, na cidade de Irkustsk, foi tirada em 1999 pelo Dr. William Brumfileld, fotógrafo americano e historiador da arquitetura russa, como parte do projeto "Encontro de Fronteiras" da Biblioteca do Congresso. Desde o tempo de suas primeiras fortificações de toras de madeira, na década de 1660, Irkutsk estava destinada a ser o centro administrativo e comercial da Sibéria Oriental. Em 1770, Irkutsk tornou-se a terceira cidade siberiana capaz de produzir tijolos em grande escala. Esta grandiosa residência, com um pórtico corintiano, foi construída em 1800-04 e é um dos melhores exemplos de arquitetura neoclássica na Sibéria. Seu propriétario, Ksenofont Sibiriakov, foi um comerciante que explorou com sucesso as riquezas da Sibéria, acima de tudo, seu comércio de peles. O arquiteto não foi identificado, mas a mansão assemelha-se ao trabalho do proeminente arquiteto de Catarina, a Grande, Giacomo Quarenghi. Em vista das estreitas ligações de Sibiriakov com São Petersburgo, o projeto poderia muito bem ter-se originado na capital imperial. Após a morte de Sibiriakov, a mansão tornou-se propriedade do estado, que a utilizou como residência do governador geral da Sibéria Oriental, de 1837 a 1917. Geralmente conhecida como a "Casa Branca", ela agora serve como o prédio administrativo principal da Univesidade Estadual de Irkustsk.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Governor-General's Residence (1814-21). Built by the Merchant M. V. Sibiriakov, the Building Now Serves as Part of Irkutsk State University, Irkutsk, Russia.

Tipo de Item

Descrição Física

1 slide: cor; 35 milímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de janeiro de 2016