Livro da Natureza

Descrição

Das Buch der Natur (O livro da natureza) é um compêndio científico medieval em latim editado e traduzido para o alemão no século XIV por Konrad von Megenberg, um estudioso e escritor alemão que provavelmente nasceu em Mainberg (Megenberg), perto de Schweinfurt, Baviera, em 1309, e faleceu em Ratisbona (Regensburg) em 1374. Estudou em Erfurt e logo na Universidade de Paris onde ensinou filosofia e teologia de 1334 a 1342. Em 1342 mudou-se para Ratisbona onde foi padre e pregador. Mais tarde, ele se tornou um cônego da Catedral de Ratisbona e membro do conselho municipal. Ele escreveu pelo menos 30 livros, dos quais Das Buch der Natur é o mais conhecido. O livro é baseado em um compêndio em latim, Liber de natura rerum, escrito pelo padre dominicano do século XIII Tomás de Cantimpré, mas Konrad fez muitas revisões na obra original, omitindo muito material e introduzindo suas próprias observações e correções. O resultado é um levantamento de tudo aquilo que era conhecido de história natural até aquele momento. O livro está dividido em oito partes: (1) Sobre a humanidade, a anatomia e a fisiologia (50 capítulos); (2) O céu e os sete planetas, astronomia e meteorologia (33 capítulos); (3) Zoologia (69 quadrúpedes, 72 pássaros, 20 monstros do mar, 29 peixes, 37 cobras, lagartos e répteis e 31 vermes); (4) Árvores comuns (55 capítulos), árvores aromáticas (29 capítulos); (5) Ervas e vegetais (89 capítulos); (6) Pedras preciosas e semipreciosas (86 capítulos); (7) Dez tipos de metais; e (8) Correntes e águas. Inclui também uma seção sobre as raças humanas monstruosas encontradas no oriente. A escolha e a disposição dos temas são típicas de muitas enciclopédias medievais. O livro foi amplamente lido até o século XVI e existe em várias cópias manuscritas. Ele foi impresso pela primeira vez em Augsburgo em 1475. Apresentada aqui está uma edição ligeiramente posterior à de Augsburgo, impressa em 1481.

Última Atualização: 12 de fevereiro de 2016