Diamond Prajna Paramita Sutra

Descrição

Este rolo completo do primeiro ano da era Yifeng (676) da dinastia Tang foi revelada em Dunhuang, China. O rolo contém o Diamante Prajna pāramitā sutra, uma obra que é um importante texto sagrado no prajñā linha de Budismo Mahayana bem com um texto fundamental do Budismo Chines Chan (Zen Japonês). O texto foi transmitido para a China no Período dos Tribunais do Norte e Sul em várias traduções, mas a tradução por Kumārajīva é a mais respeitada. Durante gerações, considerou-se que a recitação do Diamante prajna pāramitā sutra poderia conferir mérito ilimitado. As pessoas competiam fazendo cópias e impressões, mas o resultado foi que chegou a alcançar uma grande circulação. Prajñā significa sabedoria; pāramitā significa cruzar desta costa de nascimentos e mortes para a terra da iluminação; "diamante" significa firmeza e vontade da sabedoria de alguém. A mensagem geral do sutra é que um é firme e forte como um diamante no entendimento de alguém, um pode colocar um fim a toda angústia e a ligações. Este rolo, coligido pela Biblioteca do Palácio e concluído por ordem imperial pelos funcionários da Administração do Palácio, é um manuscrito típico do tribunal da dinastia Tang. A imperatriz Wu Zetian (624-705) encomedou a cópia do Lotus Sutra e do Diamante prajna pāramitā sutra por ocasião da morte da sua mãe.

Calígrafo

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Wu Zetian, Xi'an, Shaanxi Sheng

Idioma

Título no Idioma Original

金剛般若波羅蜜經

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

Um rolo, 457.3 x 25.7 centímetros

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 27 de abril de 2015