Flores de Avicena

Descrição

Abū ‘Alī al-Ḥusayn ibn ‘Abd Allāh ibn Sīnā (980–1037), mais conhecido como Avicenna, nasceu em Afshaneh, perto de Bukhara, na Pérsia (atual Ubesquistão). Aos 10 anos de idade, ele era bem versado no estudo do Alcorão e de várias ciências. Ele foi o mais famoso e influente dos muitos estudiosos, cientistas e filósofos islâmicos do mundo medieval. Acima de tudo, ele foi médico, mas foi também astrônomo, químico, geólogo, psicólogo, filósofo, lógico, matemático, físico e poeta. Escritor prolífico em todos esses campos, ele preservou o conhecimento da época em textos bem organizados. Os escritos de Avicena influenciaram a aprendizagem de medicina no Ocidente no século XVII. O al-Qānūn fī al-ṭibb (O canon da medicina) de Avicena contém um sistema completo de medicina baseado na tradição dos antigos acadêmicos gregos. Floris Avicenne é uma tradução em latim da obra-prima de Avicena, publicada pela primeira vez em 1508 pelo editor renascentista de traduções científicas Michael de Capella.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Impresso por Claude Davost, cognominado de Troys, para Bartholomeus Trot, Roma

Idioma

Título no Idioma Original

Flores Avicenne

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

346 páginas, 17 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015