Pintura em Pedra S00501, Belém, Município do Distrito de Dihlabeng, Estado Livre

Descrição

Esta pintura rupestre San representa animais de chuva na cor vermelha. Entre todos os grupos San, o mais importante ritual é o da Grande Dança, durante o qual, quando em transe, os San dizem ser capazes de dominar uma espécie de poder espiritual. Eles utilizam este poder para a cura, a caça, a eliminação de tensões sociais, a produção de chuva e outras tarefas. Aspectos da Grande Dança permeiam a arte rupestre San, em parte porque esta dança tinha enorme significado para os San, mas mais importante ainda, porque o ato de produzir arte rupestre parece ter sido parte do processo através do qual os especialistas em rituais San dominavam e compartilhavam o poder da dança. A imagem da pintura faz parte da Coleção de Arte Rupestre de Woodhouse do Departamento de Serviços Biblioteconômicos da Universidade de Pretória. A coleção inclui mais de 23.000 slides, mapas e esboços provenientes de inúmeros locais de arte rupestre na África do Sul. Os San são povos caçadores-coletores que viveram ao longo de toda a África Austral e Oriental, durante milhares de anos antes de serem expulsos por tribos africanas e colonos europeus. Os povos San continuam a viver no Deserto de Kalahari, na parte em que este cobre a Namíbia.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Rock Painting S00501, Bethlehem, Dihlabeng District Municipality, Free State

Tipo de Item

Descrição Física

Apresentação de um slide

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 25 de setembro de 2015