Grande Milagre da Aparição da Rainha dos Céus, Santa Maria Nossa Amada Mãe de Guadalupe, Próximo à Grande Cidade do México num Local chamado Tepeyácac

Descrição

Conhecido também como Nican mopohua (Aqui é dito), este documento é o relatório, em Nahuatl, da história das aparições da Virgem de Guadalupe ao humilde índio Juan Diego, no topo da colina de Tepeyac, entre 9 e 12 dezembro de 1531. É considerado o documento central do culto da Virgem de Guadalupe, que é parte  da identidade fundamental dos mexicanos. Seu autor, Luis Lasso de la Vega, foi vigário do santuário da Virgem. O relatório pode estar baseado em um histórico perdido das aparições, escrito em meados do século XVI pelo índio erudito Antonio Valeriano, membro do Colégio de Tlatelolco e colaborador de Fray Bernadino de Sahagún. O culto guadalupiano vem sendo documentado no México desde 1555-56, mas a primeira história das aparições, escrita em espanhol pelo padre Miguel Sánchez, data de 1648. O presente documento é a versão Nahuatl desta história, escrita em Nahuatl refinado, com possíveis influências jesuítas. Chamada de "Padroeira das Américas", a Virgem de Guadalupe ou Nossa Senhora de Guadalupe, é considerada uma figura cultural importante para todos os mexicanos e é um símbolo da independência mexicana. A Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, na Cidade do México, é o segundo santuário católico mais visitado de todo o mundo.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Hvei tlamahviçoltica omonexiti in ilhvicac tlatocacihvapilli Santa Maria totlaçonantzin Gvadalvpe in nican hvei altepenahvac Mexico itocayocan Tepeyacac

Tipo de Item

Descrição Física

41 páginas, 20.3 x 15 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 3 de outubro de 2014