Um Desenho (com uma Perspectiva Ocidental) das Índias Orientais a Partir do Promontório da Boa Esperança até o Cabo Comorin

Descrição

Esta carta de navegação portulana, do gravador, editor e vendedor de mapas holandês Frederick de Wit (1629 ou 1630-1706) mostra o Oceano Índico, do Cabo da Boa Esperança até a costa oeste da Índia (Malabar). O mapa foi publicado, pela primeira vez, em 1675 e foi reimpresso em 1715. Está orientado com o leste na parte superior. Kishm está localizada nos atuais Emirados Árabes Unidos (EAU) e está repetida como "Quaro' e "Quiximi'. O formato do Golfo Arábico ou Pérsico difere daquele mostrado em outros mapas. Há uma grande ilha ao norte da Ilha de Bahrain, chamada "Quezimi," muito provavelmente uma outra versão de Qishm. Khorfan é mostrada duas vezes: em um local nos atuais EAU, no Golfo de Corsca e, na segunda, no lado de Omã, onde é chamada de "Orfacan". A região de Mascalat está localizada no centro da Península Arábica, enquanto que a cidade do mesmo nome encontra-se ao sul de Tablan, não muito longe da costa árabe. "Ormuz", um nome territorial, encontra-se perto de Omã e dos atuais Emirados Árabes Unidos. O Golfo Arábico é chamado de "Mare Elcatif ol Sinus Persicus" (Al Qatif, Golfo Pérsico), enquanto que o Mar Vermelho está marcado como "Mare Rubrum Turcis Mare de Mecca Olim Sinus Arabicus" (Mar Vermelho, chamado de Mar de Meca pelos Turcos e anteriormente conhecido como Golfo Arábico).

Última Atualização: 8 de março de 2016