Isto [está sendo produzido] para que todos possam conhecer a rota das viagens [dos Israelitas] 40 anos no deserto [através] da largura e da extensão da Terra Santa desde o Nilo até a cidade de Damasco, desde o Vale de Arnon até o Mar Mediterrâneo, e com isso cada tribo recebeu sua própria porção de terra

Descrição

Esta gravura em placa de cobre da Terra Santa, de 1695, é um dos primeiros mapas impressos em hebraico. O mapa foi desenhado por Abraham Ben-Jacob, um homem convertido ao judaísmo, e é baseado em um antigo mapa de Christiaan van Adrichem (1533-85) e reproduzido no Hagadá de Amesterdã. O mapa apresenta imagens bíblicas, entre elas representações da história de Jonas e a baleia, a frota do Rei Salomão transportando as árvores de cedro para a construção do templo em Jerusalém, além de colméias e vacas simbolizando o leite e o mel da Terra Prometida. O Hagadá de Amesterdã foi o primeiro hagadá a incluir gravuras em placas de cobre e foi amplamente copiado e distribuído por toda a Europa.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Amsterdã

Idioma

Título no Idioma Original

זאת לדעת לכל בר דעת דרך המסעות ארבעים שנה במדבר והרוחב והאורך של ארץ הקדושה מנהר מצרים עד עיר דמשק ומנחל ארנן עד הים הגדול ובתוכו כל שבט ושבט חלק נחלתו…

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

Copperplate; 262 x 480 milímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 31 de janeiro de 2014