Convenções Aritméticas para Conversão Entre Medição Romana [ou seja Otomano] e Medidas Egípcias

Descrição

Este tratado, escrito em dez páginas de fólio, para um oficial e patrocinador de livros otomano conhecido como Ismael Afandī, representa a interconversão de unidades de medidas. É um guia útil para comerciantes e outras pessoas envolvidas na medição de quantidades. Ele fornece instruções para a conversão arṭāl (plural de raṭl) em uqaq (plural de auqiya), e vice-versa; darāhim (plural de dirhamem mathāqīl (plural de mithqāl) e vice-versa; e para converter o número de sacas de carga otomano (referid0 como romano, rūmī) para o número de sacas de carga egípcio.akyās), e vice-versa. Afirma, por exemplo, "se você deseja converter arṭāl em uqaq, multiplique o [número de] arṭāl por trinta e seis e depois elimine os dois dígitos mais significativos .... Por exemplo, se for perguntado em quantas uqaq vinte e cinco raṭl podem ser convertidos? Multiplique esse número por trinta e seis e elimine os dois dígitos mais significativos e a resposta será nove. " A conversão entre sacas de carga otomanas e egípcias é realizada pela "divisão do número de sacos otomanos por cinco e depois multiplicando o resultado por quatro." As regras de conversão são resumidas em forma de versos, para que possam ser facilmente memorizadas e relembradas. O manuscrito foi copiado em 1642 (1051 A.H.), por um escriba chamado Muḥammad Shams al-Dīn ibn Muḥammad Faḍl-Allāh al-Anṣārī al-Shāfi‘ī..

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

قواعد الحسابية فى تحويلات الأكياس الرومية الى الأكياس المصرية

Tipo de Item

Descrição Física

5 folhas; 19.5 x 14 centímetros

Observações

  • Contém tabelas pequenas, ilustradas.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 22 de setembro de 2014