O Livro Completo de Salmos Fielmente Traduzido em Métrica Inglesa: No Qual é Prefixado um Discurso Declarando Não Apenas a Legitimidade, Mas Também a Necessidade do Ritual Celestial de Cantar Salmos das Escrituras nas Igrejas de Deus

Descrição

O Livro de Salmos da Baía, como esta obra é comumente conhecida , é o primeiro livro impresso na América do Norte britânica. O Reverendo Jesse Glover importou a primeira oficina de impressão da colônia de Massachusetts Bay em 1638, cerca de 18 anos após os primeiros colonos ingleses estabelecerem-se em Plymouth Rock. Um gráfico de Londres, Stephen Daye, veio com a máquina impressora e instalou uma oficina de impressão em Cambridge. No ano seguinte, os moradores da colônia pediram a John Eliot, Thomas Welde e Richard Mather que fizessem uma nova tradução, do hebraico, do Livro dos Salmos, para uso nas igrejas da colônia. Mather foi o principal autor e tradutor, mas foi auxiliado por cerca de outros 30  ministros da Nova Inglaterra. O livro foi impresso em 1640. Reimpresso em edições sucessivas, permaneceu em uso por mais de 100 anos. Este exemplar, da Biblioteca John Carter Brown, é um dos 11 exemplares remanescentes da primeira edição e uma das únicas quatro cópias perfeitas. O livro está com a encadernação original, tendo a página-título assinada por Mather.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Stephen Daye, Cambridge, Massachusetts

Idioma

Título no Idioma Original

The whole booke of Psalmes faithfully translated into English metre

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

296 páginas; 18 centímetros (19 centímetros, no caso)

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 12 de fevereiro de 2016