Lute por ela. Junte-se ao Batalhão Ultramarino de Soldados Canadenses e Irlandeses, Montreal

Descrição

Na Primeira Guerra Mundial, muitos imigrantes irlandeses no Canadá se voluntariaram para servir as forças armadas canadenses. Para auxiliar no recrutamento, o governo canadense arregimentou um batalhão só de irlandeses, o 199º Batalhão Ultramarino de Soldados Canadenses Irlandeses. Baseada em Montreal, a unidade começou a recrutar voluntários no inverno de 1915 a 1916. Também conhecidos como Soldados Irlandeses da Duquesa de Connaught, em homenagem à sua patronesse real, esposa do Príncipe Artur, Duque de Connaught e governador-geral do Canadá, os soldados navegaram rumo à Europa em dezembro de 1916 e fizeram uma volta triunfal pela Irlanda de janeiro a fevereiro de 1917. Esse cartaz de recrutamento de 1915 de Toronto mostra uma mulher sentada, de perfil, modelada na pintura Disposição em cinza e preto (geralmente chamada de Mãe de Whistler) pelo artista americano James McNeill Whistler (1834 a 1903). O nome chefe do batalhão, tenente-coronel, H.J. Trihey, aparece na parte inferior. O cartaz é de Hal Ross Perrigard (1891 a 1960), um notório pintor e ilustrador canadense. Perrigard nasceu em Montreal, estudou na escola da Academia Real Canadense, em Montreal, e tornou-se membro da mesma.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Harris Lithographing Co. Ltd., Toronto

Idioma

Título no Idioma Original

Fight for Her. Come with the Irish Canadian Rangers Overseas Battalion, Montreal

Tipo de Item

Descrição Física

1 exemplar (cartaz): litografia colorida; 90 x 57 centímetros

Referências

  1. The Irish-Canadian Rangers (Montreal: Gazette Printing Company, 1916).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 25 de outubro de 2013