O Características Especiais da Antártica Francesa, Também Chamada de América, e de Vários Territórios e Ilhas Descobertas no Nosso Tempo

Descrição

André Thevet (1516/17-92) foi um frade franciscano que viajou muito e, através de seus escritos, ajudou a estabelecer a cosmografia --como era chamada a geografia na época - como uma ciência naFrançado século XVI. Depois de fazer viagens à África e ao Oriente Médio na década de 1540, foi nomeado capelão da expedição de Nicolas Durand de Villegagnon, que partiu de Le Havre, em maio de 1555, para estabelecer uma colônia no Brasil. A expedição desembarcou próximo ao atual Rio de Janeiro em novembro do mesmo ano. Em Janeiro de 1556, Thevet adoeceu e deixou o Brasil com destino à França. No ano seguinte, ele publicou este relato de sua viagem. A obra tornou-se muito popular e levou à sua nomeação como cosmógrafo real. O relato de Thevet inclui descrições do litoral da África, das ilhas Canárias e de Madagascar, todas as quais ele visitou a caminho do Brasil, bem como da Flórida e do Canadá, que ele pode ter visitado em sua viagem de volta. Suas descrições dos povos nativos que encontrou e de seus costumes e crenças, bem como das plantas e dos animais que viu, são elaboradas em estilo simples e realista. A obra é ilustrada com xilografias, muitas das quais são bastante imprecisas, mas que, mesmo assim, influenciaram obras de viajantes subseqüentes, tais como Theodore de Bry.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Chez les heritiers de Maurice de la Porte, Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Les singvlaritez de la France antarctiqve, avtrement nommée Amerique: & de plusieurs terres & isles decouuertes de nostre temps.

Tipo de Item

Descrição Física

Página 8 folhas, 163 folhas numeradas, 2 páginas ilustradas, 16 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de outubro de 2015