Uma Viagem pelo Amoor: Com uma viagem terrestre pela Sibéria e Relatos Incidentais da Manchúria, Kamschatka e Japão

Descrição

Perry McDonough Collins foi nomeado Agente Comercial Americano no rio Amur, em Março de 1856. Ele chegou ao seu posto em Irkutsk em Janeiro de 1857, após uma viagem de 35 dias por via terrestre a partir de Moscou. Em 4 de junho de 1857, ele iniciou uma viagem pelo Rio Amur, que faz a fronteira entre o Extremo Oriente Russo e o nordeste da China. Em 10 julho, ele chegou à foz do rio, tornando-se o primeiro americano a navegar o seu curso. Em Março de 1858 Collins enviou um relatório ao Departamento de Estado dos E.U.A. sobre o grande potencial do Rio Amur para o comércio americano na Ásia, ajudando a proporcionar um rápido aumento no interesse americano pela Sibéria. Uma Viagem Pelo Amoor relata as aventuras e observações de Collins. Collins mais tarde lançou um projeto de interligação da Europa aos Estados Unidos através de uma linha telegráfica que funcionaria desde o Alasca, passando pelo Estreito de Bering até a Sibéria. A construção do projeto começou, porém foi abandonada quando foi determinada a viabilidade do cabo submarino transatlântico, mais curto e menos dispendioso.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

D. Appleton and Company, Nova York

Idioma

Título no Idioma Original

A Voyage Down the Amoor: With a Land Journey through Siberia, and Incidental Notices of Manchooria, Kamschatka, and Japan

Tipo de Item

Descrição Física

390 páginas: ilustrado; 20 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de junho de 2015