Compilação menor dos hadiths do mensageiro sagrado

Descrição

Este manuscrito que data do final do século XVII é uma coleção de hadiths, ou ditos do profeta Maomé, produzida pelo polímata egípcio Jalal al-Din al-Suyuti (de 1445 a 1505). A obra está cuidadosamente escrita em caligrafia naskh. O título é cercado por uma vinheta decorativa, não perfeitamente desenhada, mas colorida, ainda que fosca. Em contraste com sua abrangente Jami' al-jawami' (Compilação de compilações), nesta obra al-Suyuti promete apresentar “a essência curta e abreviada dos hadiths e dos primeiros registros, ignorando a forma e considerando apenas o conteúdo”. Ele conseguiu fazer isso fornecendo apenas breves citações de cada hadith e abreviações para suas fontes, e estava claramente escrevendo para alunos, e não para especialistas já formados. Ele organizou a obra em ordem alfabética pela primeira palavra da citação, listando os supostos manahi (Não deverás) de Maomé sob a letra nūn para o verbo naha (proibir). Al-Suyuti é conhecido por sua extraordinária memória, que o ajudou em sua obra especializada sobre centenas de milhares de hadiths, dos quais cerca de 11.000 estão inclusos aqui. Brilhante, batalhador, controverso e autoconfiante como era, Al-Suyuti despertou hostilidade por parte dos seus concorrentes acadêmicos, que no final o afastaram da vida pública. Ele passou as últimas décadas de sua vida recluso em Rawdah, uma ilha do Nilo no Cairo, onde continuou trabalhando em seus livros e de onde realizou uma influente troca de cartas. Embora mais conhecido por suas obras sobre o hadith e outros assuntos islâmicos, Al-Suyuti também escreveu sobre ciências naturais, medicina e língua árabe.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

الجامع الصغير من حديث البشير النذير

Tipo de Item

Referências

  1. E. Geoffroy, “Al-Suyuti,” in Encyclopaedia of Islam (Leiden: Brill, 1997).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 9 de junho de 2015