Este Gráfico foi Compilado na Expedição da Sibéria sob o Comando do Capitão da Marinha Bering de Tobolsk ao extremo de Chukotkan

Descrição

Vitus Jonassen Bering (1681-1742) nasceu na Dinamarca mas passou a maior parte de sua vida adulta na marinha russa. Em 1725, o Czar Peter I (Pedro o Grande) instruiu Bering a proceder em uma expedição para encontrar o ponto onde a Sibéria se conectava à América. A qual ficou conhecida como a Primeira Expedição Kamchatka (1725-30), Bering viajou por terra de São Petersburgo via Tobolsk até a Península Kamchatka, onde ele tinha um navio, o São Gabriel, construído. Em 1728 ele navegou norte ao longo da costa da Península Kamchatka. Em agosto do mesmo ano ele passou pelos dois continentes através do estreito que mais tarde levaria seu nome, mas nunca encontrou a costa do Alasca e não conseguiu determinar se a Ásia e a América do Norte estavam conectadas ou separadas por água. Em seu retorno a São Petersburgo, Bering apresentou à Imperatriz Anna (reinado de 1730-40) os mapas preparados durante a expedição. Diferentemente de outros mapas de expedição, este mapa feito à mão contém desenhos etnográficos, algumas das primeiras imagens dos habitantes da Sibéria. As pessoas representadas no mapa incluem os Iacutos, Coriacos, Chukchis, Evenks (formalmente conhecidos como os Tungus ou Tunguz), Kamchadak (ou Itelmen), e o povo Ainu das Ilhas Curilas. A Segunda Expedição Kamchatka de 173-43, também liderada por Bering, finalmente resultou na descoberta europeia do Alasca e confirmação de que a Sibéria e o Alasca estavam realmente separados por água.

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Сия харта сочинися в сибирской экспедиции при команде от флота капитана Беринга от Тобольска до Чукотского [Цокоцкого] угла

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa colorido, 39 x 53 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 9 de novembro de 2015