Constituição da República de Ruanda

Descrição

Este documento é a primeira Constituição da República de Ruanda, proclamada em Novembro de 1962. De 1890 a 1916, Ruanda era parte da África Oriental Alemã. Em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, foi ocupada por tropas Belgas do vizinho Congo Belga. Após a guerra, ele se juntou ao Burundi para se tornar num mandato da Liga Belga de Nações, sob o nome Ruanda-Urundi. Em 1 º de Julho de 1962, a união do Ruanda-Urundi foi dissolvida e a República do Ruanda e a República do Burundi separam-se, passando a ser estados independentes. O principal partido político em Ruanda foi o Parti du Mouvement de l'Emancipation Hutu (Partido do Movimento Emancipação Hutu), cujo fundador, Grégoire Kayibanda (1924-76), atuou como presidente do país de 1962 a 1973. Os colonizadores Belgas elaboraram a constituição de 1962, com participação limitada dos próprios Ruandenses. No papel, a constituição previa um sistema multi-partidário e garantia direitos humanos e políticos, mas na prática não conseguiu impedir a espiral de violência étnica e política que culminou com o trágico genocídio de 1994, em que quase um milhão de Ruandeses, principalmente a partir da minoria do grupo Tutsi, acabaram sendo assassinados.

Criador

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

l’Imprimerie du Rwanda, Kigali, Ruanda

Idioma

Título no Idioma Original

Constitution de la République Rwandaise

Lugar

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

37 páginas

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de setembro de 2014