As Missões Católicas e do Oeste Africano, Congo e Oubangi

Descrição

No final do século XIX a França competia com a Associação Internacional do Congo, do Rei Leopoldo da Bélgica, pelo controle da grande bacia do rio Congo. Sob a liderança do explorador franco-italiano e construtor de impérios Pierre Savorgnan de Brazza, a França conseguiu concluir, entre 1882 e 1891, tratados com a maioria dos governantes do lado direito das margens do rio, colocando suas terras sob a proteção francesa. Em 1908, a França organizou seus territórios na região na África Equatorial Francesa, que incluia as colônias do Médio Congo (atual República do Congo), Gabão, Chade, e Oubangui-Chari (a moderna República Centro-Africana). Brazzaville, batizada em homenagem a Brazza, tornou-se a capital federal. Esta obra do início do século XX  aborda a história, o povo e a organização política das colonias francesas ao longo do Congo. O último capítulo é dedicado às missões católicas na região. O obra é dedicada a Prosper Augouard (1852-1921), um padre e missionário francês que foi enviado a África em 1878, estabeleceu-se em Brazzaville em 1887 e, em 1890, foi nomeado bispo de Brazzaville e vigário apostólico do Alto Congo e Oubangui.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

H. Oudin, Paris

Idioma

Título no Idioma Original

L'Ouest africain et les missions catholiques: Congo et Oubanghi

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

viii, 321 páginas : ilustrações ; 28 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 22 de setembro de 2014