Versos do Alcorão

Descrição

Este fragmento caligráfico do século VIII, das coleções da Biblioteca do Congresso, é provavelmente o texto islâmico mais antigo na América do Norte, o qual pode ter sido tocado pelos companheiros mais jovens do profeta Maomé. O fragmento incluí os versículos 53-54 do Capítulo 34 do Alcorão, intitulado Surat Saba' (Sheba), assim como os primeiros dez versículos do Capítulo 35 do Alcorão, intitulado Surat al-Fatir ( O originador). Surat al-Fatir é um surah Mecano antigo que lida com os mistérios da criação e os anjos. Um marcador de versículo, em forma de uma flor vermelha, aparece no final dos dois últimos versículos de Surat Saba' na parte da frente da página. Imediatamente após o final deste surah, aparece a bismillah ( "Em Nome de Deus") do Surat al-Fatir. O título do surah e o número dos versículos, normalmente designados no título do capítulo, foram omitidos. O texto da parte da frente foi feito no lado dos pelos do pergaminho e, portanto, está mais bem preservado do que o texto no verso, que está substancialmente desgastado. Um ponto vermelho, entre os versos 9 e 10 do verso do fragmento, parece ter sido colocado em data posterior, de modo a facilitar a separação dos versículos, assim como as palavras al-mala'ika (os anjos) e rusulan (mensageiros, no acusativo), inscrito em tinta preta imediatamente acima da linha do texto ao qual correspondem.

Última Atualização: 15 de abril de 2016