Decoração de parede

Descrição

O painel de decupagem em forma de retábulo fechado, inclui um medalhão central decorado com letras entrelaçadas cujas hastes formam um estrela de seis pontas. A inscrição arredondada é difícil de ser decifrada, e pode conter um provérbio ou um versículo do Alcorão. No meio da arcada superior, um gancho arredondado sugere que era usado pendurado na parede. A técnica extrativa da decupagem é conhecida, em árabe, persa e turco-otomano, como qit'a, ou literalmente "corte", e os artistas especializados nesta técnica eram chamados de qati'an (cortadores). Ao que tudo indica, a caligrafia de decupagem se tornou popular no último trimestre do século XV, como esclarece o tratado de Qadi Ahmad sobre o assunto, de 1606 (1015 AH). Apesar da técnica de decupagem ter emergido durante a segunda metade do século XV, ela tornou-se uma ferramenta popular para a realização das kalips Otomanas (folhas caligráficas perfuradas), durante os séculos XVI-XIX. Uma obra otomana de decupagem feita por um certo Suleyman é datada de 1282 AH (1856-66). Por estes motivos, é lógico pressumir que esta obra de decupagem foi feita na Turquia Otomana no século XVIII ou XIX.

Última Atualização: 7 de agosto de 2015