Ruínas da antiga mesquita, Baalbek

Descrição

A Colonia Americana em Jerusalém foi fundada, em 1881, pelo casal de Chicago, Anna e Horatio Spaford, como uma comunidade cristã utópica. Além de perseguir seu objetivo religioso de emular o espírito e as práticas dos primeiros cristãos, a comunidade se envolveu nos esforços de ajuda humanitária, especialmente durante os difíceis anos da Primeira Guerra Mundial. O departamento fotográfico da Colônia Americana identificou suas origens na aquisição, feita pela comunidade em 1898, de uma câmera para documentar a visita do Kaiser alemão Wilhelm II a Jerusalém. Ao longo dos anos, os arquivos da colônia cresceu, a ponto de incluir milhares de fotografias do Oriente Médio, inclusive importantes imagens dos anos de guerra na Palestina. Entre os fotógrafos da colônia estava Eric Matson, de cujos arquivos este item foi retirado. Esta fotografia mostra uma parede, ladeada por colunas, do importante sítio arqueológico de Baalbek, no Líbano Oriental. Baalbek foi um importante centro religioso, conhecido como Heliopolis, no período do Império Romano. Foi nomeado Patrimônio Histórico Mundial pela Unesco em 1984.

Última Atualização: 18 de abril de 2012