Elogio a um Governante

Descrição

Este fragmento caligráfico inclui um painel central com um elogio a um rei redigido em escrita ta'liq "pendurado" ta'liq ''pendurada'' . Exceto por uma linha em tinta preta, todas as demais linhas horizontais e diagonais foram escritas em branco e delineadas em preto. Acima do painel de texto aparece, dividido em duas colunas, um bayt (verso) do grande poeta persa Nizami (morto em 1218 [614 AH]) sobre o poder dos milagres. O bayt  aparece em escrita nastal'liq preta em papel bege. Ao redor do painel de texto há uma borda azul inscrita com orações árabes redigidas em escrita ta'liq preta. A composição foi colada a um grande papel bege decorado com pingos de ouro e montada em papelão. No canto inferior direito do painel central de texto aparece a assinatura do calígrafo. Pode-se ler: "Escrito pelo pobre, humilde e mais velho secretário." Ikhtiyar al-Munshi ("O Secretário Mais Velho") foi o apelido de Kamal al-Din Husayn (morto 1566-67 [974 AH]), um calígrafo em atividade durante o reinado do monaraca Safavid, Shah Tahmasp (governou de 1524 a 1576 ). O monarca apoiou o trabalho de Kamal al-Din em Tabriz e lhe ofereceu uma série de recompensas (que ele recusou), bem como fez dele seu secretário partaicular e lhe agraciou com o epíteto honorífico "O Mais Velho Secretário Real."Apesar de Kamal al-Din ser cego de um olho, ele foi um mestre de todas as escritas caligráficas, especialmente nasta'liq.

Última Atualização: 4 de maio de 2016