Casa de imigrantes, Argentina

Descrição

Esta fotografia de uma casa de imigrantes na Argentina é parte da Coleção de Frank e Frances Carpenter na Biblioteca do Congresso. Frank G. Carpenter (1855-1924) foi um escritor americano de livros sobre viagens e geografia mundial cujas obras ajudaram a popularizar a antropologia cultural e a geografia dos Estados Unidos nos primeiros anos do século XX. Composta de fotografias tiradas e reunidas por Carpenter e sua filha Frances (1890-1972) para ilustrar seus escritos, a coleção inclui um número estimado em 16.800 fotografias e 7.000 negativos em vidro e filme. O Novo manual de geografia de Carpenter: América do Sul (1899), enfatizava que a Argentina, e especialmente a capital, Buenos Aires, consistia em uma sociedade de imigrantes: “Os italianos são os mecânicos da cidade, é possível encontrá-los também vendendo cebolas, peixes e todos os tipos de mercadorias de casa em casa. Eles também são jornaleiros e engraxates. Além disso, eles são proprietários de supermercados e há alguns deles que são ricos comerciantes e banqueiros. Há muitos grandes bancos gerenciados por ingleses e algumas das maiores lojas são de propriedade de alemães. Há relativamente poucas pessoas que vieram dos Estados Unidos, embora tenhamos algumas grandes importadoras e alguns bancos.” O fotógrafo aqui chama-se Moody, sobre quem pouco se sabe.

Última Atualização: 29 de maio de 2013