Monografia sobre o Local de Nascimento do Buda Sakyamuni no Tarai Nepalês

Descrição

Na década de 1870, a Pesquisa Arqueológica da Índia empreendeu uma série de expedições para aumentar a compreensão da história primitiva da Índia e promover a preservação de importantes monumentos e ruínas. Em 1896, o arqueólogo alemão Alois Anton Führer (1853-1930) recebeu permissão do governo das províncias do Norte-Ocidental e Oudh e do governo da Índia para realizar uma expedição ao Nepal. Führer é geralmente considerado o descobridor do local de nascimento de Buda. Siddhartha Gautama, o Buda, nasceu por volta de 563 a.C., nos jardins de Lumbini, no sopé do Himalaia nepalês. O local de nascimento tornou-se mais tarde um local de peregrinação, e entre os peregrinos em 249 a.C. estava o Imperador Ashoka, da Índia, um devoto Budista. Ashoka ergueu um pilar comemorativo com as palavras: "Aqui, o Venerável nasceu." Por razões que não são conhecidas, após o século XV, Lumbini deixou de atrair visitantes e seus templos foram destruídos. Acompanhado pelo governador da província, General Khadga Shamsher, Führer descobriu o pilar de Ashoka, que, com outras provas, confirmou Lumbini como o local de nascimento do Buda. Esta monografia, publicada em 1897, documenta o achado do pilar e os outros resultados da expedição. Lumbini é um dos quatro lugares sagrados do Budismo e faz parte da Lista de Patrimônio Histórico Mundial da UNESCO desde 1997.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Government Press, N.W.P. and Oudh, Allahabad

Idioma

Título no Idioma Original

Monograph on Buddha Sakyamuni’s Birth-Place in the Nepalese Tarai

Tipo de Item

Descrição Física

vi, 48 páginas : Ilustrações; 31 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015