Instruções e Diário de Viagem que o Governador Francisco José de Lacerda e Almeida Escreveu sobre Sua Viagem para o Centro da África, Indo do Rio do Sena, no Ano de 1798

Descrição

Este diário escrito a mão pelo explorador, geógrafo e matemático Brasileiro Francisco José de Lacerda e Almeida (1750-98) descreve a jornada de Almeida no interior do sul da África em 1798. Almeida nasceu no Brasil, estudou na Universidade de Coimbra em Portugal, e ascendeu para a posição de astrônomo real. Em 1780, retornou ao Brasil como parte de uma comissão criada para definir as fronteiras entre os territórios Espanhol e Português na América do Sul sob o recém celebrado Tratado de São Ildefonso (1777). Ele viveu dez anos no Brasil, onde descobriu novas espécies de plantas e animais, juntamente com tribos indígenas previamente desconhecidas pelos Europeus. Após seu regresso a Portugal, ele publicou um diário que descrevia suas viagens. Em 1797, ele começou a planejar uma nova viagem, para o interior da África, na esperança de criar uma rota comercial entre as propriedades e bens Portugueses em Angola e Moçambique. Ele morreu em 1798, pouco após chegar na capital do reino Kazembe (atualmente Zâmbia), onde planejava começar as negociações com o rei sobre uma rota comercial. O capelão da viajem obteve custódia do diário de jornada de Almeida, que posteriormente foi publicado em Portugal pelo sobrinho de Almeida.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Instruçoens e Diario de Viagem q' fez ao centro d'África, o Governador q' foi dos Rios de Sena Francisco Joze d'Lacerda e Almeida, no anno de 1798

Tipo de Item

Descrição Física

1 atlas em aquarela e bico-de-pena (34 páginas, 23 mapas) ; 35 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015