Crônica de Terras Estrangeiras

Descrição

O Zhifang waiji (Crônica de terras estrangeiras) é uma  geografia do mundo concisa, a primeira do seu gênero escrita em chinês. O missionário jesuíta italiano Matteo Ricci produziu um mapa do mundo em chinês, em 1584. O mapa, que seguia os princípios ocidentais da cartografia, então desconhecidos na China, passou por várias revisões entre 1584 e 1602. Os sacerdotes compatriotas de Ricci, Diego de Pantoja e Sabatino de Ursis, foram instruídos, por ordem imperial, para compor um livro explicando o mapa. Pantoja morreu em 1618 e a obra foi finalmente concluída por Giulio Aleni. Yang Tingyun, um respeitado oficial chinês e convertido ao cristianismo, refinou o estilo do livro e ajudou a publicá-lo, em 1623, na sua própria cidade de Hangzhou. A obra divide o globo em cinco continentes: Ásia, Europa, Líbia (África), América e "Magelânica". Este último é uma extensa porção de terras que se acreditava estender-se dos arredores da extremidade meridional da América do Sul até vários graus além do Pólo Sul.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Hangzhou, China

Idioma

Título no Idioma Original

職方外紀 六卷卷首一卷

Lugar

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

Criador

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de agosto de 2014