A guerra. Documentos do Departamento de Fotografia do Exército, fascículo III: Os aliados em Salônica

Descrição

Em 1916, o Departamento de Fotografia do Exército do Ministério da Guerra francês publicou coleções de fotografias que documentavam todos os aspectos do envolvimento francês na Primeira Guerra Mundial. As coleções foram agrupadas por tema e publicadas em 20 fascículos. Esses fascículos, por sua vez, foram publicados em dois volumes maiores. Cada fascículo é iniciado com uma breve introdução em francês. As fotografias estão legendadas em francês, acompanhadas por tabelas com as traduções das legendas em inglês, alemão, espanhol e português. As imagens foram tiradas por fotógrafos do exército cujas identidades não foram registradas. A série inteira foi editada por Victor-Eugène Ardouin-Dumazet (de 1852 a 1940), um jornalista francês mais conhecido como o editor, entre 1893 e 1907, de Voyage en France, uma coleção de cerca de 70 volumes de guias turísticos, mas que também registrou minuciosamente a ordem econômica da França urbana e rural neste período. O ano de 1916 foi crucial para a França durante a Primeira Guerra Mundial, sendo marcado pelas duas grandes batalhas travadas em seu território: a Batalha de Verdun, que iniciou em 21 de fevereiro e durou até meados de dezembro; e a Batalha do Somme, iniciada em 1º de julho e encerrada em meados de novembro. Não foi possível estimar o número exato de baixas, mas algumas estimativas apontam que entre mortos, feridos e prisioneiros nessas duas batalhas a perda da França chegou a um milhão. Esses volumes, produzidos para fins publicitários, pouco refletem os sofrimentos do soldado raso. Os mortos e feridos quase não aparecem nos fascículos (o fascículo XIV é dedicado ao cuidado dos feridos), e as trincheiras são mostradas como secas e bem cuidadas. Por outro lado, a destruição de cidades francesas e do interior francês pelos alemães invasores é apresentada em ricos detalhes.

Última Atualização: 14 de novembro de 2017